Logotipo Expressão Regional

Home Brasil

R$ 500 do FGTS ajudam nas dívidas? Inadimplente deve em média R$ 3.253

25/07/2019

Metade dos débitos em aberto são de até 1.000 reais, de acordo com SPC Brasil; reduzir endividamento é um dos focos de medida que libera saques do fundo

São Paulo – O valor médio da dívida do brasileiro que está inadimplente, atualmente, é de 3.252,70 reais, e 62,6 milhões de pessoas, ou 41% da população adulta, têm alguma conta ou parcela em atraso. As projeções são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), e partem da base de dados de pessoas com nome negativado nos sistemas do SPC Brasil.

É essa realidade que deve ser encontrada pelos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a serem liberados para saque. A medida, que pode ser anunciada nesta quarta-feira (24) pelo governo, tem como objetivo estimular o crescimento da economia e ajudar na redução do endividamento das famílias brasileiras.

Entre idas e vindas de informações, as expectativas são de que o saque máximo do FGTS a ser liberado ainda este ano deva ficar em R$ 500 por trabalhador, consideradas suas contas ativas e inativas (aquelas relacionadas a contratos de empregos já encerrados).

Esse limite chegou a ser cogitado em até 35% do valor depositado em conta, mas foi sendo reduzido ao longo dos últimos dias, em especial após pressão de construtoras, que alertaram para o risco de esvaziamento de uma das principais fontes de financiamento do país para imóveis, habitação popular, saneamento básico e infraestrutura. A intenção do governo é criar mecanismos que permitam ao trabalhador fazer saques anuais de parcela de sua conta.

fonte: revista Exame

Pequeno Polegar - Matrículas 2023
Horóscopo
Flavio Ricardo | Creative Retouch

©2024. Expressão Regional. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Avesso Digital