Logotipo Expressão Regional

Home Policial

Perícia acha sangue e sêmen em roupa de MC que acusa Anderson

09/02/2021

Funkeiro entregou roupas que usava no dia do suposto estupro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro confirmou, nesta segunda-feira (8), que encontrou vestígios de sangue e esperma nas roupas entregues por Maycon Douglas Pinto do Nascimento Adão, o MC Maylon. O músico acusa o vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo, de estupro.

Em depoimento, Anderson admitiu que manteve relações sexuais com o jovem de 21 anos, mas nega que tenha sido à força. O líder do Molejo também afirmou que vem sendo chantageado pelo rapaz e pela mãe dele desde o encontro.

Segundo o funkeiro, o abuso aconteceu em dezembro do ano passado, em um motel na Zona Oeste carioca. Maycon afirma que encontrou Anderson para uma reunião de trabalho, mas que, em dado momento, o cantor o levou a um motel, onde teria cometido o crime.

O rapaz disse que não denunciou Anderson antes por medo de retaliações, já que o músico, segundo ele, teria proximidade com criminosos. Ele também ficou com medo de que familiares e amigos desacreditassem na acusação.

CANTOR FALA EM RELAÇÃO CONSENSUAL
O cantor do grupo Molejo, Anderson Leonardo, admitiu, durante depoimento à Polícia Civil na sexta-feira (5), que manteve relações sexuais com o funkeiro Maycon Douglas Porto do Nascimento Adão, o MC Maylon, de 21 anos, que o acusa de estupro. No entanto, o vocalista afirmou que tudo ocorreu de “maneira consensual”.

Já em um comunicado, a assessoria do cantor reforçou que o encontro foi combinado entre os dois e que não houve violência.

– O cantor esclarece ainda que lamenta profundamente as declarações envolvendo seu nome, refutando qualquer ato de violência contra quem quer que seja, negando categoricamente a acusação completamente falsa de agressão sexual, feita em seu desfavor. Em mais de 30 anos de vida pública, jamais tivera seu nome ligado a qualquer ato criminoso ou que viesse a desabonar ou macular a sua imagem e carreira, seja de sua vida profissional ou pessoal – diz o comunicado.

Flavio Ricardo | Creative Retouch

©2022. Expressão Regional. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Avesso Digital